sábado, 6 de setembro de 2008

Esperando o tempo passar...

Cá estou eu. De mala e cuia, prontinha!
Tempo passa, passa tempo.
E esse? Que vem lá da Maioba?
Que demora...

Indo pra longe, manter-me longe.
Fugindo
Fugindo? Como pode?
Pode sim!
Fugida merecida!
Necessidade...

Três dias
Calmos dias
Esperançosos dias

Passa tempo!
Cuida, logo!
Quero chegar...
Eita! Nem pra isso se aquieta!
Pra que tanta ansiedade?
Vai chegar...

Um pouco triste...
Só metade-eu vai.
Metade-ele fica
Até amanhã!

Mas depois chega ao fundo
Ao meu mundo
No interior
Chega o meu amor


;*

Nenhum comentário:

Postar um comentário