domingo, 31 de maio de 2009

Discutível Perfeição

Já devo ter postado essa música por aqui. Mas volta e meia me lembro dela, quer dizer: ME FAZEM LEMBRAR DELA! Odeio ser taxada! ODEIO! Vivem dizendo que pareço de porcelana ou então uma boneca, sempre arrumadinha, educadinha, certinha, organizadinha, estudante de Psicologia... AFF Será que isso é suficiente pra se atingir a perfeição? Então não vou fazer mais esforços, já alcancei! AFF Já estou desistindo! As pessoas não entendem... ou não querem entender! Preferem suas fantasias de idealização, but sorry! Projeções pro meu lado nem pensar! Eu sou normalzinha da silva. E Se quero a perfeição!? Nem pensar! Isso é muita responsabilidade!

Por favor, não me idealize
Assim você está fadado ao deslize
Verdade seja dita
Nada mais me irrita
Do que essa estupidez.

É melhor você ter certeza
Tô longe de ser a Madre Tereza
Não pise no meu calo
Ou viro bicho e falo o que não quer ouvir.

Admito, eu vivo maquiada
Minha vida é mesmo tão sofisticada (nem tanto!)
Saiba, esse glamour não dura o tempo inteiro
Eu também preciso ir ao banheiro.

Já tá mais do que comprovado
Mentira um dia escorre pelo ralo
Taxada de mimada,
Rapunzel aprisionada
Eu nem vou ligar.

Mas vê se pelo menos
Mude o texto
Ou tá arriscando o seu emprego?
Pense grande, o seu destino é bem maior
Tenha fé
Do que ficar caçando alguém pra pegar no pé.

A princesa também sente, chora, sofre,
Sonha e ouve não (ouve não)
Eu prefiro a verdade a essa discutível perfeição
A princesa também briga, encrenca, berra e fala palavrão (mas só se eu quiser)
me recuso a buscar essa discutível perfeição.

Preste atenção, tome cuidado
Boca fechada não entra mosquito, diz o ditado
Respeite meus longos anos de estrada
De boba é que eu não tenho nada, não

A princesa também
Sente, chora, sofre,
Sonha e ouve não,
Também mente, é inconseqüente,
Tem preguiça,
Perde a direção
Porque ninguém nesse mundo é cem por cento
Cheio de razão.

Me recuso a buscar essa
Discutível perfeição.

Perfomance da Sandy nessa música: http://www.youtube.com/watch?v=A1fMFTGL-PM&feature=related ADOREI! Detalhe: a composição é dela!

terça-feira, 26 de maio de 2009

Mulheres Possíveis

Não pude deixar de postar. Adorei o texto. E ps.: eu fico com o rosto lavado!

Mulheres Possíveis
(Texto na Revista do Jornal O Globo)

Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado três vezes por semana, decido o cardápio das refeições, levo os filhos no colégio e busco, almoço com eles, estudo com eles, telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço escova toda semana - e as unhas!

E, entre uma coisa e outra, leio livros. Portanto, sou ocupada, mas não uma workaholic. Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres. Primeiro: a dizer NÃO. Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO. Culpa por nada, aliás. Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero. Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros. Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho. Você não é Nossa Senhora. Você é, humildemente, uma mulher. E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.
Tempo para fazer nada.
Tempo para fazer tudo.
Tempo para dançar sozinha na sala.
Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.
Tempo para sumir dois dias com seu amor.
Três dias.
Cinco dias!
Tempo para uma massagem.
Tempo para ver a novela.
Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.
Tempo para fazer um trabalho voluntário.
Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.
Tempo para conhecer outras pessoas.
Voltar a estudar.
Para engravidar.
Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.
Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.
Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal. Existir, a que será que se destina? Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra. A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem. Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si. Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo! Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente. Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.
Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C. Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores. E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante'.

Martha Medeiros - Jornalista e escritora

Scared

Bem, aproveitando my lunch time pra ser feliz! Depois do susto de ontem, o dia está mais tranquilo hoje. Ontem foi um desespero, depois de passar 1h da UFMA pro Renascença em um congestionamento louco (o que já é normalíssimo...), cai aquele toró! Resultado: fiquei presa no Wellington das 8h às 23h! O curso inundou literalmente, as salas ficaram cheias de água, os carros que estavam estacionados na porta e lateral foram levados pela enxurrada (graças a Deus eu tinha deixado meu carro no Beijo de Moça, que fica na parte alta). Quando saímos da sala depois do primeiro horário, levamos um susto! A água já estava na metade dos pneus e não demorou nem 15 min para, praticamente, cobrir os carros. Isabelle, minha amiga, perdeu o Space Fox zerado, sem placa!!!! Isso me causou um pânico terrível! Me partiu o coração vê os alimentos e roupas doados para a companha contra as enchentes serem inundados também... Que susto! Vc se sente realmente inundado por uma onda de sentimentos de medo, impotência, insegurança vendo tudo isso acontecer... Imagina só como as pessoas no interior devem estar. Graças a Deus cheguei sã e salva em casa; estava tão apavorada vendo carros e carros parados pelo meio da rua, em cima do canteiro, com água no pneu (isso pq já tinha parado de chover), muitos carros engavetados que só conseguia dirigir a 50km/h. Quando deitei em minha cama quentinha e me enrolei no meu edredon macio agradeci a Deus por ter estado segura e orei por aquelas pessoas que estão desabrigadas. Que esse desespero passe logo...


Para ajudar essas pessoas minha igreja, juntamente com todas as igrejas evangélicas de SL, está com a campanha Elohim Mãos à Obra. Sábado terá um evento 'Elohim Music' para arrecadar alimentos. Se você quiser doar roupas, água e alimentos é só falar comigo, irei buscar onde vc estiver. Junte-se a nós!




Peguei algumas fotos de ontem no imirante.






Trecho do imirante.com


"Ainda no bairro do Renascença 2, o temporal inundou o Curso Wellington. Para tentar vencer a enchente, algumas pessoas escalaram a grande ferro.Mas quem precisava de ajuda para sair teve que contar com o trabalho dos homens do Corpo de Bombeiros que colocaram até uma corda para retirar as pessoas.Uma aluna disse que nem conseguiu entrar. Preocupada, ela aguardava a saída da sobrinha que ficou ilhada dentro do cursinho".
Que sufoco!
Beijinhos ;*

domingo, 24 de maio de 2009

CoOkInG

Uma postagem de domingo. Depois de uma meia semana (retomei minhas atividades quarta-feira), nada como um fim-de-semana tranquilo e um domingo caseiro. Comecei o primeiro dia da semana na cozinha. Acordei cedo pra pesquisar algumas receitas e comprar os materiais da mousse que tenho que levar pra igreja hoje. Algumas vezes o Mover pega uma cantina para arrecadar dinheiro. Hoje é um dia desse! Vamos arrecadar para a Conferência de dança em julho. Depois posto sobre a Conferência e já estão todos convidados.

Escolhi uma mousse de limão (bem básico!). Depois de pronto decorei com casca de limão e cereja. Ficou bem simples, mas uma dilíííííciiiiaaa! A próxima receita será um pudim de microondas. Mamãe ganhou uma forma de microondas e precisamos usá-la =]

Ontem o ensaio foi bem divertido. Estava sem inspiração pra montar uma coreografia para passar para as meninas, então ministrei uma técnica de expressão corporal com alongamentos. Sou famosa em puxar bastante no alongamento, mas oras! Uma bailarina sem um bom alongamento não é nada, não é verdade? Depois treinei a técnica de espontâneo com elas. Estou super feliz com Rê, uma das alunas, ela está evoluindo muito com pouco tempo de ensaio. Fico orgulhosa por ela! Isso é sinal de que basta você querer. Dançar é pra todos, sim! Você pode ser até um pouco desengonçado, mas se você confiar em seu grupo, se sentir livre pra dançar, quiser aprender e tiver muita determinação, a dança vai fluindo dentro de você. Believe!

Trouxe algumas fotos da última cantina. Essa foi da equipe de Sociabilidade do carnaval. Como Kalina é nutricionista, estávamos todos na linha... já tínhamos tirado os aventais.


Ps. olhando essa foto lembrei de um plano que temos. Planejamos nossa lua-de-mel na Europa fazendo um curso de culinária européia. We hope this!


Kalina, Tia Fran, eu, Robinho e Guga =]
Beijinhos ;*



segunda-feira, 18 de maio de 2009

Devaneio cor-de-rosa

Descobri que eu não sou PSICOPATA!!!!!!!!!! Aiihhnn... Às vezes eu penso que sou! Meu sangue de barata (pra algumas coisas) às vezes me assusta. Ah It's ok! Não vou começar com essas minhas INSANIDADES! Ah! Já falei com vou criar um tópico aqui no blog só pras minhas insanidades? Só ainda não sei como se faz isso! It doesn't matter.

Depois de desfrutar do convívio com minha amááááveell SINUSITE estou me recompondo. Hoje, meus primeiros passos para fora de casa, foram até uma de minhas lojinhas favoritas de BUGINGANGAS. O que é buginganga? Jura que não viu A Pequena Sereia? (Ela tinha um 'quarto' só de bugingangas... ela cantava rodopiando 'Hoje eu tenho uma porção de coisas lindas nessa coleção, posso dizer que eu sou alguém que tem quase tudo'). Buginganga, segundo o Aurélio, são objetos de pouco ou nenhum valor, quinquilharia, ninharia. Comprei uma BIG bag e outros trocinhos super lindos. Saí de lá com minha lista pronta pra próxima visita. Tinha um conjunto de nécessaires perfeito! Aiihhnn quis muito, mas como comprei uma a pouco tempo me segurei pra não ficar com peso na consciência =] But i'll be back.


No mais, programando uma viagem para o dia 12/06 ;D Passei horas montando as idéias para o projeto de reforma do meu quarto. E, por fim, depois de olhar tanta coisa cor-de-rosa na festa de 50 anos da Barbie, resolvi trocar algumas coisas aqui pelo blog! Resgatei as cores do meu antigo flog. Abaixo tem algumas fotos da festa da Barbie: Fantastic!


Barbie Colette


Barbie Living Room


Pink House


Closet


Career Display


Barbie Car - Pink New Beettle

terça-feira, 12 de maio de 2009

Eu e o Google, o Google e Eu

Bem, eu ia postar sobre o meu dia terrível, mas depois de ler o texto que postei anteriormente decidi não postar mais. Não passaria na terceira peneira. Adoro falar da minha vida diária e ser uma pessoa comum, mas preferi restringir tanto caos à sua própria insignificância! Daí, para espairecer coloquei meu nome no Google e fiquei surpresa com tanta coisa legal que apareceu! Fiz uma lista, olha só!

Um informativo da Justiça Federal falando do trabalho que eu desenvolvia quando estagiava lá --> http://www.ma.trf1.gov.br/publicacoes/arquivos/Destaques%20da%20Semana%2076.pdf

\o/

A lista da Liga Acadêmica de Ginecologia Preventiva do Hospital Universitário Materno Infantil --> http://www.huufma.br/site/web/servicos/servico_ginecologia_obstetricia/ligas.html

so cute! que saudade!

O Resultado do Teste de Habilidade Específica para o Curso de Arquitetura e Urbanismo--> http://www.uema.br/noticias/noticia.php?id=2909

Talento incubado! Só nessas horas a gente descobre! Arquitetura é uma grande paixão.

Resultado do vestibular da UFMA - PSG que passei pra Serviço Social --> http://www.ufma.br/noticias/noticias.php?cod=992

Resultado do Vestibular Tradicional da UFMA que passei pra Psicologia --> http://imirante.globo.com/imags/resultadovestibular.TXT

Escolhi Psicologia!

Uma etapa da Seleção da Procuradoria Geral de Justiça pra estágio --> www.mp.ma.gov.br/site/ArquivoServlet?nome=Noticia1441A1164.pdf

Hunf! Não fui fazer a prova, pois estava em um congresso.

Anais de Congressos
Espero ver meu nome aí pelo Google mais vezes e em mais atividades.
Bjinhos ;*

TESTE DAS TRÊS PENEIRAS



Alguém procurou um sábio, que era seu amigo e disse-lhe: Preciso contar-lhe algo sobre fulano! Você não imagina o que me contaram a respeito de…

Nem chegou a terminar a frase, quando o sábio ergueu os olhos do livro que lia e perguntou:
Espere um pouco meu amigo. O que vai me contar já passou pelo crivo das três peneiras?
Peneiras? Que peneiras? Sim. A primeira, é a da verdade. Você tem certeza de que o que vai me contar é absolutamente verdadeiro?
Acho que é. Mas como posso saber? Eu não estava lá no momento. O que sei foi o que um amigo meu me contou!
Então suas palavras já vazaram na primeira peneira. Vamos então para a segunda peneira: a bondade. O que vai me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito também?

Não! Absolutamente, não!

Então suas palavras vazaram, também, na segunda peneira. Vamos agora para a terceira peneira: a necessidade. Você acha mesmo necessário contar-me esse fato, ou mesmo passa-lo adiante? Resolve alguma coisa? Ajuda alguém? Melhora alguma coisa? Vai me ajudar? Melhorar minha vida?

Não tenho certeza, mas acho que não… Passando pelo crivo das três peneiras, compreendi que nada me resta do que iria contar.

E o o sábio sorrindo concluiu:
Se passar pelas três peneiras, conte! Tanto eu, quanto você e os outros iremos nos beneficiar. Caso contrario esqueça, e enterre tudo. Será uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e fomentar a discórdia entre irmãos. Devemos ser sempre a estação terminal de qualquer comentário infeliz! Da próxima vez que ouvir algo, antes de ceder ao impulso de passa-lo adiante, submeta-o ao crivo das três peneiras, por que:

Pessoas sabias falam sobre idéias e projetos;
Pessoas comuns falam sobre coisas do dia-a-dia;
Pessoas medíocres falam sobre pessoas e seus defeitos.

sábado, 9 de maio de 2009

She!



Homenagem à minha mãe. A tudo o que somos e o que passamos. A todos os conflitos, alegrias e ambiguidades. Não pode haver amor maior. I love her!

She
May be the face I can't forget.
A trace of pleasure or regret
May be my treasure or the price I have to pay.
She may be the song that summer sings.
May be the chill that autumn brings.
May be a hundred different things
Within the measure of a day.

She
May be the beauty or the beast.
May be the famine or the feast.
May turn each day into a heaven or a hell.
She may be the mirror of my dreams.
A smile reflected in a stream
She may not be what she may seem
Inside her shell

She who always seems so happy in a crowd.
Whose eyes can be so private and so proud
No one's allowed to see them when they cry.
She may be the love that cannot hope to last
May come to me from shadows of the past.
That I'll remember till the day I die

She
May be the reason I survive
The why and wherefore I'm alive
The one I'll care for through the rough and ready years
Me I'll take her laughter and her tears
And make them all my souvenirs
For where she goes I've got to be
The meaning of my life is

She, she, she (Elvis Costello)

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Se for, que seja...

Se for pra esquentar,
Que seja do sol;

Se for para enganar,
Que seja o estômago;

Se for para chorar,
Que chore de alegria;

Se for para mentir,
Que seja a idade;

Se for pra roubar,
Se roube um beijo;

Se for para perder,
Que se perca o medo;

Se for para cair,
Que seja na gandaia

Se for para haver guerra,
Que seja de travesseiros;

Se existir fome,
Que seja de amor;

Se for para ser feliz,
Que seja por toda a vida!

(Mário Quintana)

Conteúdo pornográfico!


Gente, essa eu não consegui me conter! Quase eu morro de rir! Samyra (uma amiga minha que tá morando em BSB) não tem o que fazer! Diariamente ela me manda umas pérolas dessas... Vou passar a postar algumas aqui no blog.


Bjs ;*

Vem andar comigo

Como sempre , Jota Quest arrasando nas músicas. Adorei essa!

Vem andar comigo

Basta olhar no fundo dos meus olhos
Pra ver que já não sou como era antes
Tudo que eu preciso é de uma chance
De alguns instantes

Sinceramente ainda acredito
Em um destino forte e implacável
Em tudo que nós temos pra viver
É muito mais do que sonhamos

Será que é difícil entender?
Porque eu ainda insisto em nós
Será que é difícil entender?
Vem andar comigo

Vem, vem meu amor
As flores estão no caminho
Vem meu amor
Vem andar comigo

Jota Quest

O clipe é interessante
http://www.youtube.com/watch?v=qZwxvzB_id4

Bjinhos ;*