segunda-feira, 8 de junho de 2009

Devir

Coisa boa é ter novidade para contar, mas a falta de tempo me arrasa! Desde o fim-de-semana que quero postar e 'necatibiribas' de tempo. Passei o fim-de-semana atualizando meus estudos que ficaram paralisados por 3 dias por conta do arraial da UFMA. A semana foi agitadíssima; muito trabalho, canseira, mas muita folia também! As manhãs estavam ocupadas pelo estágio, à tarde começava a preparação da barraca aqui em casa espetando carne do churrasquinho (que não pretendo ver pela frente tão cedo!), às 16h tinha que estar na UFMA organizando a barraca e de lá não saía até meia-noite, 1h. Apesar do cansaço, todos os dias valeram a pena! Foi a barraca mais bonita (a modéstia foi looongeee), mais animada e a que mais arrecadou! Os elogios dos clientes foram super reforçadores e nos faziam estar mais alegres, mais bonitas e mais eficientes de um dia para o outro. A receptividade foi tanta que todos os nossos clientes de quinta-feira voltaram na sexta \o/. Pensando bem, isso tudo foi resultado de muita organização e muito trabalho antecedente à barraca; e fora que trabalhar entre amigas é moleza ou, como sempre diz um querido amigo, "trabalhar com gente inteligente se chama descanso". Não posso deixar de ressaltar a participação super especial e essencial para todo nosso sucesso: os namorados! Vamos dar uma festa na quinta-feira agora em homenagem a eles. Eles merecem! Foram (além de namorados) churrasqueiros, motoristas, transportadores, amigos, seguranças e ajudaram a deixar nossa barraca muito mais legal. Ao final do terceiro dia fizemos um merecido brinde à todos, mas como nem tudo são rosas tem a parte podre da coisa! Meus pés ainda doem e tenho crises de enxaqueca desde sexta, fora o carro (coitado) que, apesar de já ter sido lavado, ainda sinto cheiro de carne nele (na verdade acho que o cheiro está impregnado é no meu nariz), lavei o cabelo mil vezes para sair o cheiro da fumaça e ainda não consegui recuperar a compostura depois desses dias, estou muito cansada!

A canseira me remete à postagem que fiz ontem à noite da pequena bailarina com a cabeça no joelho em um perfeito alongamento: preciso de muita determinação! Manhãs no estágio, UFMA à tarde e aulas à noite estão me esgotando as forças. Mas há uma luz no fim do túnel! Me livro da UFMA no final de junho (\o/) e já começo sinalizar para minhas futuras escolhas. Faço planos de começar minha análise/terapia em julho, me inscrever na Sociedade Brasileira de Psicanálise no final do ano (para iniciar minha formação em Psicanálise); quanto ao estágio estou na dúvida entre duas áreas: clínica e hospitalar. Todo mundo sabe que saúde é minha paixão, mas o estágio em clínica é essencial e posso fazer uma residência em Psicologia da Saúde depois... i don't know. Minha monografia já tem um tema escolhido: relacionar Psicossomática com a cultura do corpo e o mal-estar na sociedade moderna. É mais ou menos alguma coisa relacionada à postagem "Com que corpo eu vou" que escrevi tempos atrás. Aliás, estou super feliz pois a autora dos livros que me baseei para fazer essa análise estará aqui em julho \o/. Esse tema não é fácil (como nada que escolho fazer nessa minha vida!), mas será um grande desafio que adorarei me envolver e superar (Jesus, help me!). Estou bem mais aliviada por as coisas estarem se tornando mais claras pra mim. Percebo que já tenho algumas metas definidas e acho que a análise irá me ajudar mais ainda. Ainda não consigo conter minha ansiedade diante disso tudo, mas espero que a análise ajude nisso também.

Um mês de muito trabalho e compensações me aguarda. Muitas provas e trabalhos na UFMA, meus dois irmãos fazendo aniversário, dia dos namorados, os três domingos seguidos de concursos, a festa temática de super-heróis (alguém tem uma sugestão?? pleaaaseee!), a barraca da comissão de formatura no arraial do círculo militar e enfim, minha vida desassossegadamente no constante devir.

Beijos e Boa semana ;*

Ps. Algumas fotos do arraial.







Depoimento de Naninha sobre nossa barraca =))) que lindo!

"Quase morri de rir qd tirei Fernanda lá da barraca dela e levei ela pra comer lá na tua e ela falou "ai, que barraca feliz, não quero mais sair daki não"... ai não demora mto lá vem o namorado dela q tb tinha barraca e olha assim p espetos assando (ele tava há séculos tentando fzr o fogo e não conseguia), os queijos, td mundo vendendo e feliz, dai ele olha com uma cara ótima e diz "que barraca legal cara, bora ficar aki?" HUAUHHUAUHAUHAUHUHAUHAUH! mas sim, parabéns pela barraca, pela organização, pela variação das comidinhas gostosas, pela união da galera, e claro, parabéns pela alegria de vcs! que vendendo ou não, era visivel, e fazia a gente sentir vontade de ficar perto... comprando, claro... : )) Um beijão" (Silvana-cliente)

Nenhum comentário:

Postar um comentário