terça-feira, 1 de junho de 2010

Pense jovem!


Receita da longevidade: A sensação de juventude pode ter implicações no processo de envelhecimento humano. Essa é a teoria defendida por um estudo publicado na revista especializada americana Journal of Gerontology: Social Science. Segundo os pesquisadores, a idade cronológica da pessoa é importante na determinação do envelhecimento, mas a idade que cada um senter ter apresenta reflexos mais duradouros. A pesquisa entrevistou 500 pessoas e apontou que aquelas que disseram se sentir mais novas do que realmente eram tinham mais chances de ter uma segurança maior sobre as suas capacidades cognitivas dez anos depois. Para tentar manter a sensação de jovialidade, os pesquisadores recomendam atualização constante sobre as últimas tendências e atividades revigorantes, além de aprender a dominar novas tecnologias. Fonte: Jornal CASSI.

Markus H. Schafer and Tetyana P. Shippee. Age Identity, Gender, and Perceptions of Decline: Does Feeling Older Lead to Pessimistic Dispositions About Cognitive Aging? The Journals of Gerontology Series B Psychological Sciences and Social Sciences, 2010; 65b (1): 91.

5 comentários:

  1. Engraçado...penso que deveria ser ao contrário! Se nega-se a idade, nega-se também os aprendizados...não?

    ResponderExcluir
  2. Ah, concordo com o texto. O maior exemplo disso é o meu avô...

    ResponderExcluir
  3. andei pensando nisso esses dias.
    Muitas pessoas que conheço possuem uma aparência até envelhecida, mas a sua maneira de agir e de se expressar demonstram serem bem mais jovens.
    É tão bom ver que só depende do que nós queremos.
    Não é simplesmente ser jovem (como acabei de ver na tv: uma senhora pensava que se vestindo de maneira inadequada conseguiria ser vista como uma adolescente), é querer viver numa fase da vida que é intensa e recheada de vontade de realizar sonhos!
    Sempre almejar mais, querer mais, SONHAR mais é o que nos torna jovens!

    ResponderExcluir
  4. Olá pessoas,

    Eu li sobre a pesquisa e o objetivo é identificar se sentimentos de velhice estavam associados com uma visão mais pessimista sobre a idade cognitiva.

    Não acho, exatamente, que pessoas que 'pensam jovem' estariam negando seu passado e seus aprendizados.

    Pelo que entendi da pesquisa, se uma pessoa se sente mais velha do que a sua idade cronológica, provavelmente vai exprerimentar várias desvantagens associadas ao processo de envelhecimento. Como por exemplo, deixar de acreditar que é capaz de realizar algumas atividades que lhes são pertinentes.

    Por outro lado, aqueles que são mais velhos, mas com uma sensação de serem mais jovens, têm vantagens para manter várias das habilidades que valoriza. Como paquerar, por exemplo.

    Mas claro que temos que levar em consideração todas as nuances dessa questão. Perceber até que ponto o 'pensar jovem' traz benefícios e ajuda a pessoa ter uma qualidade de vida melhor.

    Pra quem interessou, existem pesquisas muito interessantes na área sobre as "Representações sociais da velhice". Dá um Google!

    ResponderExcluir
  5. Acho que tem várias iterpretações para "pensar jovem"...como tudo o que se diz!
    Mas acho bonito quando alguém reconhece a sua idade com orgulho. Afinal..pensar jovem independe da idade biológica, certo?
    Um abraço! Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir