quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Neymar Facts: insuportável ilimitação de si mesma


"Chocado pela mudança brusca, a pessoa não se reconhece, é como se perdesse a bula de viver (...) No caso da glória súbita o que angustia, contrariamente ao bom senso que levaria a pensar que aí tudo é felicidade, o que angustia é a sensação oceânica de expansão egóica, do tudo pode. Quando o 'tudo pode' se instala traz junto a indefinição das fronteiras corporais, do limite: do quem sou eu, do quem é você. É nesse momento que uma pessoa fica mais suscetível a que algo ruim lhe ocorra. Pode ser um desastre, uma briga, um crime, uma doença grave, enfim, alguma coisa que dê um basta ao sentimento insuportável da ilimitação de si mesma".

Jorge Forbes (Olhar do Psicanalista - Psique Ano V nº57)

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

House Dance, Jazz e Free step


Nesse fim de semana tive uma experiencia quase surreal de dança! Para uma bailarina (temporariamente aposentada) de tendencias clássicas experimentar house dance e free step é uma loucura! A batida é contagiante... impossível ficar parado! Quanto ao Jazz já tinha feito outras aulas. Todos três têm batida forte, rápidas e exigem um bom condicionamento físico - que não era meu caso, por sinal. O Free Step é o famoso 'rebolation' profissionalizado e com um nome-de-macho hehehe 


Uma foto espontânea do look que usei pra aula: sapatilha 'meia-pata' e tênis (usei os dois, pois não me adapto muito bem a tênis), calça carrot, camiseta e uma faixinha no cabelo pra não perder a boiolagem hehehe Detalhe: essa calça carrot há séculos é utilizada na dança e agora tem invadido passarelas e streetstyle. 

Gostei da experiencia e recomendo! É ótimo testar coisas novas. Assim que tiver uma outra oportunidade, divulgo por aqui. Por enquanto, fica um vídeo do Youtube pra ir esquentando o espírito dançarino http://www.youtube.com/watch?v=0mj4-FbU8KU&feature=related





sexta-feira, 17 de setembro de 2010

it's a cold and it's a broken


but all I've ever learned from love
was how to shoot somebody who outdrew you
And it's not a cry that you hear at night
it's not somebody who's seen the light
it's a cold and it's a broken hallelujah

Hallelujah

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Dica para o FDS

Começando a semana com uma dica pro fim de semana hahaha



Sábado e domingo acontecerá a III Conferência Restaurando com Artes. É um evento organizado pelo Ministério de Artes Mover em parceria com a Igreja Batista de Monte Castelo. Ocorre todo ano com o objetivo de divulgar e aprimorar os conhecimentos artísticos de dança e teatro.

Quando? 18 e 19 de setembro 2010
Onde? Igreja Batista de Monte Castelo (Em frente ao Centro Médico)
Quanto? valores de R$15 e R$20
O que? Oficinas de jazz, street, teatro e mais!

domingo, 12 de setembro de 2010

"(...) 'curar', na origem, quer dizer cuidar".


"Não é obrigatório que se pense em termos de doença e de cura, pois “curar”, na origem, quer dizer cuidar. O mais importante é poder ajudar a pessoa a avançar emocionalmente e, se possível, superar suas dificuldades".

Trecho da entrevista do "terapêuta" do personagem Gerson na novela Passione. Tá todo mundo me dizendo que tem um Psicólogo na novela "Assiste, Maiara! Assiste". Fiquei curiosa e vim me inteirar. O nome dele é Flavio Gikovate e é Psiquiatra, galera! Ele deu uma entrevista na página online da revista Veja. Veja aqui.

Falando em Psiquiatria, em vistas, o Congresso Brasileiro de Psiquiatria: Ciência e Compromisso Social. Será em Fortaleza no período de 27 a 30 de outubro. Estou muito interessada em participar. Estive conferindo o programa de cursos e têm muitos diálogos com a Psicologia. Acho fantástica a interdisciplinaridade dessas duas ciências. Site do congresso: http://www.cbpabp.org.br/ . VAMOS??

(...) no exato momento ...



O êxito começa no exato momento em que o homem decide o que quer e começa a trabalhar para conseguí-lo.

Roberto Flávio C. Silva

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

SÃO LUIZ – Berço onde eu nasci.

Hoje cedo postei o poema de Gonçalves Dias que virou 'hino' de São Luís. Ainda pouco, meu pai me mostrou um poema que ele fez no dia de hoje em homenagem à nossa cidade. Não conheço ninguém mais saudosista. E todos os anos ele compõe alguma coisa. Aprecio esse dom e divido com vocês. Peço, por favor, que se for do desejo de alguém copiar, indique a autoria.

I



Tenho alegria em dizer
Que nasci neste torrão
São Luiz do Maranhão
Da Ponta D `Areia
Da Fonte do Ribeirão
Da querida Madre Deus
Da rua São Pantaleão


II


Dos colégios onde estudei
Jardim Dom Francisco
Na Praça da Alegria
Colégio Francisco Brandão
Na rua das Crioulas
Curso Cruzeiro
Do professor Moacir Ribeiro
E Escola Técnica Federal do Maranhão


III


Dos blocos tradicionais
Vira Latas e Mal Encarados,
Tarados e Consciente do Ritmo,
Boêmios, Vigaristas e Versáteis
E muito outros !
Da Turma do Quinto e Fuzileiros da Fuzarca.
Do campo Santa Izabel
Do Maranhão Atlético Clube
Do bumba meu boi da Madre Deus
Capricho do Povo, de matraca
Do bumba meu boi de zabumba
Da Liberdade.


IV


Escrevo de coração
A verdade clara da vida
De uma terra de bravos
Poetas, escritores, gente aguerrida!
Capital mundial do folclore
E da dança popular

V


Águas e brisas se encontram
Na nossa Ilha do Amor
Beijando os sobradões
Os azulejos coloridos
Deslumbrados pela beleza
De patrimônio sem igual


VI

É a Ilha da Assombração
Uma integral tripla
Poesia, cultura e folclore
Sem limites, talvez no infinito
No espaço sideral
És vida nos versos dos poetas
És inspiração para os eternos apaixonados


VII


Flor deste querido jardim
Mãe dos fortes e fracos
Dos grandes e pequenos poetas
Das alegrias e tristezas constantes


VIII


Vivo pensando em ti
Em devaneios constantes
Na minha vida diária
De sonhos imaginários
Não sei como provar
Sou o cortejador
Que nasceu para ti lisonjear


IX


Os poetas voam na imaginação
Da beleza universal
Desta cidade patrimônio
Da dialética cultural


X


Inspiras nos teus filhos
Poesia em dimensão tridimensional
Envolvendo-os de cultura sem limite
E de amor infinitamente fraternal

XI


Tu és a lírica inspiradora
Que em mim despertou estes versos
Parabéns de coração
E sem dimensão
Pelos 398 anos vividos.
Eterna “Athenas Brasileira”
São Luiz do Maranhão.

Autor: Irandi Marques Leite

São Luís 398 anos!

 (Reviver - São Luís)

Hoje é o aniversário da minha cidade - São Luís. Por aqui o dia está lindo, ensolarado e convidativo para festejar. Hoje a cidade completa 398 anos e deixo a Louvação a São Luís escrita pelo poeta maranhense Gonçalves Dias.

Ó minha cidade

Deixa-me viver
que eu quero aprender
tua poesia
sol e maresia
lendas e mistérios
luar das serestas
e o azul de teus dias


Quero ouvir à noite
tambores do Congo
gemendo e cantando
dores e saudades


A evocar martírios
lágrimas, açoites
que floriram claros
sóis da liberdade


Quero ler nas ruas
fontes, cantarias
torres e mirantes
igrejas, sobrados
nas lentas ladeiras
que sobem angústias
sonhos do futuro
glórias do passado.

Gonçalves Dias

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

CFP suspende efeitos da Resolução CFP nº 009/2010 por seis meses

O Conselho Federal de Psicologia suspendeu os efeitos da Resolução CFP nº 009/2010, que trata da atuação do psicólogo no sistema prisional, pelo prazo de seis meses, a partir de 02 de setembro de 2010, por meio da Resolução nº 019/2010.

Tal decisão se dá pelo Conselho acatar, em parte, a Recomendação da Procuradoria da República no Rio Grande do Sul – Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, que requereu a suspensão das Resoluções nº 009/2010 e nº 010/2010,sob pena de que o CFP responda a Ação Civil Pública.

Em face de tal Recomendação, o Conselho Federal de Psicologia informa que decidiu por não acatar a Recomendação de suspensão dos efeitos da Resolução CFP nº 010/2010, que institui a regulamentação da Escuta Psicológica de Crianças e Adolescentes envolvidos em situação de violência na Rede de Proteção, porque entende que a inquirição de crianças e adolescentes em juízo, pelo psicólogo, não corresponde aos limites do exercício da Psicologia e aos limites éticos da profissão. Tais parâmetros encontram sustentação na Lei nº 4.119/62 e no Código de Ética da Profissão (Resolução CFP nº 10/2005).

Com relação à Resolução nº 009/2010, o CFPdecidiu acatar a Recomendação. Ao fazê-lo, o CFP reafirma que essa Resolução foi aprovada pelo conjunto dos Conselhos de Psicologia sob a égide da crítica às instituições penitenciárias que, de maneira geral, não cumprem sua função de ressocialização, descumprindo a Lei de Execuções Penais no tocante à instalação da Comissão Técnica de Classificação e delegando ao exame criminológico a decisão sobre a progressão de pena. Foi em vista disso que o CPF vetou a realização do exame criminológico pelos psicólogos. Tal exame não atende aos princípios éticos e técnicos da profissão.

A suspensão da Resolução também busca resguardar psicólogos que vêm sendo ameaçados de prisão por acatar a decisão do Conselho pela não realização do exame criminológico.

A decisão do CFP é tomada na expectativa de poder defender a importância da Resolução nº 009/2010 em audiência pública indicada pela Procuradoria do Rio Grande do Sul quando da recomendação da suspensão. Tal debate será oportuno na medida em que a discussão sobre a Resolução não fique restrita à Psicologia e ao Sistema Judiciário, englobando também atores importantes nesse cenário tais como o Ministério da Justiça, a Defensoria Pública, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) e a Pastoral Carcerária, entre outros. A Psicologia tem grande expectativa dos frutos que a expansão desse debate tão necessário à sociedade brasileira podem gerar.

Vale salientar que o CFP, em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional e a partir do convite desse órgão, realizou, em 2005, o I Seminário Nacional sobre a Atuação do Psicólogo no Sistema Prisional e, desde então, vem provendo diversos debates sobre o tema com a categoria e sociedade.

Por fim, o CFP reafirma não haver dúvidas sobre seu papel de regular a prática profissional e sobre o acerto em regulamentar, via resoluções, a atuação do psicólogo no sistema prisional e na rede de proteção às crianças e adolescentes em situação de violência.

Conselho Federal de Psicologia
4 de setembro de 2010

Fonte: http://www.pol.org.br/pol/cms/pol/noticias/noticia_100905_001.html