quinta-feira, 5 de maio de 2011

Inevitante.


Minha relação com as palavras é conflitante e inevitável. Basta uma pequena deixa que elas me invadem o pensamento, a alma. Uma relação de constituição, de mim. É apaixonante! Eu ficaria a pensá-las, a lê-las, a criá-las pela eternidade se elas não tivesse um efeito conflitante, às vezes, paralisante sobre mim. Inevitável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário